Tags

, , , , , , , , , , , , , ,

 xxxxxxxxxxxxxxxx

O Incqs (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde) divulgou nota ontem em que rebate as críticas feitas pela empresa Impala ao seu laudo a respeito de uma amostra do esmalte Xuxa by Impala Glitter 779 – Top Prata.
A análise concluiu que o produto poderia causar irritação na pele e que tinha grau de acidez próximo dos produtos corrosivos. A linha de esmaltes Glitter da Impala teve a sua comercialização proibida pela Vigilância Sanitária.

Segundo a nota do Incqs, o órgão utiliza metodologias reconhecidas internacionalmente em seus testes. “A empresa em pauta não usufruiu o seu direito (…) de solicitar a perícia de contraprova durante a qual todas as considerações, dúvidas e observações podem ser discutidas”, diz nota do Incqs.
A Impala divulgou que o Incqs teria utilizado uma metodologia incorreta para fazer a análise. A fabricante afirma que a linha não causa irritação.

Fonte: Folha de S. Paulo 02/09/2005