Sequelas Crônicas e Beleza Comprometida

Vítimas desinformadas sem a Recall e Rede de Informação, foram submetidas a tratamentos aleatórios e superficiais, com medicamentos à base de cortisona, droga que provoca o desaparecimento momentâneo das sequelas aparentes, a “alergia”. 

Sem direito à informação as vítimas não foram alertadas e o produto que permaneceu no mercado fazendo vítimas ao longo dos anos, causando graves sequelas internas provocadas pelo “uso continuado” do esmalte com pH 2:20 e intoxicação por inconcebível dosagem de metais pesados.

O real número de vítimas com perda de imunidade, nascimentos de crianças com mal formação congênita, casos de câncer e óbitos decorrentes desse episódio de consumo jamais serão informados pelas instituições.

O histórico desse crime contra a saúde pública explica os ‘meios cruéis utilizados pela indústria e pelas instituições’ para que a sociedade não seja informada sobre sequelas causadas por produtos tóxicos no Brasil – País sem Recall.

Relação das sequelas crônicas detectadas em vítimas

1.      Irritação e inchaço ao redor dos olhos

2.      Constantes coceira e secreção nos ouvidos.

3.      Dor de cabeça.

4.      Forte queimação no estômago.

5.      Manchas avermelhadas, queimação e formação de feridas em toda a pele do corpo inclusive no couro cabeludo (mesmo pessoas sem qualquer histórico de alergia passaram a apresentar sintomas alérgicos devido à perda da imunidade)

6.      Desfiguração.

7.      Secura nos olhos (blefarite).

8.      Fortes dores nas unhas e nas extremidades dos dedos dos pés e das mãos.

9.      Descolamento e queda das unhas.

10.    Enfraquecimento e crescimento irregular das unhas.

11.    Constante sangramento das cutículas e juntas dos dedos.

12.    Manchas escuras sob a superfície das unhas.

13.    Enfraquecimento e perda de energia nos dedos.

14.    Manchas escuras na pele, em diferentes lugares do corpo.

15.    Comprometimento dos rins, fígado e aparelho digestivo.

16.    Perda da imunidade (exposição a males causados pela perda da imunidade).

 

Em busca da beleza, mulheres foram enganadas e sofrem com perda de imunidade, corrosões e rugas no rosto, nas mãos e nos pés.O esmalte com alto grau de acidez corroeu as unhas e cutículas das consumidoras causando constantes sangramentos e dor. Não bastasse a moléstia nas mãos, a linha Impala desfigurou o rosto de mulheres de todas as classes sociais com ressecamento e aparência enrugada provenientes da coceira na pele decorrente da intoxicação por alta dosagem de alumínio e grau de acidez próximo a corrosivo.

Apesar da Beleza ser considerada como uma questão superficial, a indústria brasileira do setor é a segunda maior do mundo e fatura bilhões de reais em nome dessa superficialidade, por essa razão torna-se obrigatório apresentar algumas considerações acerca do prejuízo causado à beleza das vítimas.

PREJUÍZO À BELEZA DAS UNHAS E DAS MÃOS

 O pH próximo a corrosivo do produto afetou diretamente a cutícula provocando seu descolamento. Mesmo após a suspensão do uso do esmalte passaram a apresentar constantes sangramentos e a crescer esfoladas, empedradas e quebradiças.

Em consequência do efeito de corrosão provocado nas cutículas, as unhas aumentaram de tamanho e passaram a ter crescimento  irregular causando imenso dano à beleza das mãos. O sangramento das juntas dos dedos na realização de tarefas cotidianas é outro prejuízo causado pelo produto que afetou a imunidade das consumidoras.

Somente a título de exemplo da questão da belezauma das vítimas do uso do esmalte chegou a pedir a Luiza Rotbart que prometesse encontrar solução para suas sequelas, de forma a permitir que ela, em pleno nordeste brasileiro, pudesse voltar a usar sandálias, tamanho o estado de deformidade de suas unhas!

RUGAS

Qualquer consumidora que observe o registro fotográfico das sequelas aparentes pode ter noção de suas consequências na pele.  A coceira provocada pela “alergia decorrente da acidez e intoxicação por alta dose de alumínio” foi crucial para as consumidoras do esmalte Xuxa Impala que viram-se subitamente arrebatadas pelas rugas provocadas pelo agente irritante que levou as consumidoras a coçarem as áreas afetadas em busca de alívio. Isso fez com que as regiões mais afetadas como pálpebras, pele do rosto, pescoço e mãos, tivessem a beleza e o viço cruelmente prejudicados.

 

 

Deja un comentario